ACCS - Associação Catarinense de Criadores de Suínos

Notícias


Coronavírus complica o cenário de peste suína africana, diz Rabobank

Em contrapartida, banco holandês afirma que mercado chinês será um dos mais promissores em 2020

26/03/2020 às 08h17


Embora a peste suína africana continue sendo a questão dominante no mercado de proteína animal global – com as mudanças continuando na China, no Sudeste Asiático e na Europa – o coronavírus agora está complicando as perspectivas, de acordo com novo relatório do Rabobank.
 
Para a China e a maioria das proteínas animais globais, 2019 foi um ano de mudanças sem precedentes.
 
A produção de carne suína da China caiu mais de 20% em 2019, os preços do suíno atingiram níveis recordes e aumentaram os preços de outras proteínas, e as importações de proteína animal estavam acima ou perto dos níveis recordes em todas as espécies.
 
A peste suína africana também impactou os rebanhos e a produção de suínos em outras partes do mundo – no norte da Ásia e no sudeste da Ásia e em algumas partes da Europa.
 
O comércio global de proteínas animais foi fortemente moldado pela peste suína africana em 2019, com a demanda recorde da China influenciando muitos mercados.
 
Coronavírus
 
O coronavírus está adicionando mais incertezas e as perspectivas comerciais continuam tão complicadas quanto a volatilidade do mercado.
 
O coronavírus (ou Covid-19) está afetando a produção, distribuição, consumo e comércio da China no primeiro trimestre de 2020, para todas as espécies.
 
O Rabobank considera que a doença pode ser amplamente controlada no primeiro trimestre. Como resultado, vemos impactos de curto prazo no consumo, distribuição, produção e comércio, com uma forte recuperação no segundo trimestre.
 
A carne suína parece ser a menos afetada pelas proteínas, já que a mudança do consumo de serviços de alimentos para o varejo de alimentos/consumo doméstico é mais fácil.
 
A peste suína continuará impulsionando os mercados de proteínas animais em 2020
 
Na China, o número de novos casos de peste suína africana e o número de re-infecções, vem diminuindo.
 
Em outras partes da Ásia, a doença continua a se espalhar, com a ilha de Mindanao, nas Filipinas, o caso mais preocupante. Na Europa, um novo surto no oeste da Polônia é particularmente preocupante e um caso foi relatado na Grécia.
 
A doença mantém o potencial de influenciar e interromper a produção, o comércio e o consumo ao longo de 2020.
 
As perspectivas comerciais continuam tão complicadas como sempre
 
Além dos impactos do coronavírus, o comércio global e, em particular, as importações da China, serão influenciados pelo acordo comercial EUA-China e pela administração das autoridades chinesas dos preços domésticos da carne suína, no primeiro semestre de 2020.
 
A combinação dessas incertezas criará complicações no curto prazo, mas o Rabobank mantém sua visão de que a China manterá ou aumentará suas importações de todas as espécies em 2020.

Fonte: Rabobank



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Fique tranquilo que ele não será exibido junto ao comentário.







Veja Também









Parceiros

ORDEMILK LTDA.
(49) 3537-0454
SINCOL S/A INDUSTRIA E COMÉRCIO
(49) 3561-5000
(49) 98809-7488
AGROCOASC
(49) 3442-6158
EQUITTEC
(54) 3442-5666
Sky Sollaris
(49) 3442-0072
(49) 99912-8000
SICOOB CREDIAUC
49 34411300
DB GENÉTICA SUÍNA
34 3818 2500
AGROCERES PIC - GENÉTICA DE SUÍNOS
(19) 3526-8580
PEROZIN INDÚSTRIA METALÚRGICA
(49) 3442-1466
G&S AGRO INFORMÁTICA
49 3566-4381

Newsletter

Fique por dentro das novidades.

Novidades no Whatsapp

 
49 . 3442 0414
Rua do Comércio, nº 655
Centro, Concórdia / SC
89700-089

Atendimento:
Segunda à quinta: 07h30 às 12h e 13h30 às 18h.
Sexta-feira: 7h30 às 12h e 13h30 às 17h