Suíno Preço Base
Cooper Central Aurora: R$ 2,90
Pamplona: R$ 2,90
BRF (Sadia/Perdigão): R$ 3,00
JBS Foods: R$ 2,90
+ Bonificação de Carcaça (Média da Bonificação 10%)

Ver Histórico

Bolsa de Suínos
Santa Catarina: R$ 3,84
São Paulo: R$ 4,16
Minas Gerais: R$ 4,00
Paraná: R$ 4,00

Ver Histórico

Mercado de Grãos - Santa Catarina
Milho: R$ 42,40 (Referência Copérdia)
Farelo de Soja: R$ 1,45

Ver Histórico

 
Links da Suinocultura
ABCS
ABPA
CANAL RURAL
CEPEA
CIDASC
CNA
EMBRAPA
FAESC SENAR/SC
FATMA
MAPA
MDIC
NOTÍCIAS AGRÍCOLAS
O PRESENTE RURAL
PÁGINA RURAL
PORKWORLD
SAFRAS & MERCADO
SEC. DA AGRICULTURA
SUINO.COM
SUINOCULTURA INDUSTRIAL
TERRA VIVA
 
ou data:
NOTÍCIAS DE MERCADO
06/06/2018 às 8h16
Atualizada em 06/06/2018 - 08h20
Preços do suíno vivo disparam na maior parte dos estados
Apenas no Mato Grosso o preço do suíno vivo caiu, passando de R$ 2,36 para R$ 2, uma retração de 15,25%
Compartilhe esta notícia:


Foto: Tiago Rafael/ACCS

O preço do suíno vivo na maioria dos estados levantados pela Suinocultura Industrial registrou aumento nesta semana. A maior alta foi no Paraná, onde o valor chegou a R$ 4, ou seja, aumento de 25% sobre os R$ 3,20 da semana anterior, segundo dados da Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS). Apenas no Mato Grosso o preço do suíno vivo caiu, passando de R$ 2,36 para R$ 2, uma retração de 15,25%.
 
Em sete dos nove estados, cujos valores da Bolsa de Suínos foram disponibilizados, houve aumento no preço do suíno vivo. Depois do Paraná, o maior aumento de preço foi em Goiás, estado em que o quilo do vivo foi de R$ 3,30 a R$ 3,80, ainda conforme informações da ABCS.
 
O estado de São Paulo vem em seguida, com uma alta de preço de 14,46%. Neste caso, segundo a Associação Paulista de Criadores de Suínos (APCS), o quilo do suíno vivo foi de R$ 3,25 a R$ 3,72.
 
Na avaliação do presidente da entidade, Valdomiro Ferreira Júnior, verificou-se uma boa procura por animais vivos, de modo que a bolsa de suínos foi “conservadora”. Segundo ele, a preocupação do setor continua sendo o alto custo de produção e os elevados preços de milho e farelo de soja. “Com as atuais referências o suinocultor continua perdendo”, disse.
 
Em Santa Catarina, o preço do suíno vivo na bolsa passou de R$ 2,80 para R$ 3,20. A alta neste caso foi de 14,29%, segundo a Associação Catarinense de Criadores de Suínos (ACCS). No estado de Minas Gerais a bolsa de suínos foi estabelecida no patamar de R$ 3,80, valor 11,76% maior que os R$ 3,40 da semana anterior. Os números foram divulgados pela Associação dos Suinocultores do Estado de Minas Gerais (Asemg).
 
“O varejo do estado, seja em Belo Horizonte ou no interior, está completamente desabastecido e este é um momento que exige planejamento das vendas de animais vivos por parte dos suinocultores”, disse em nota o presidente da Asemg, Antônio Ferraz. “Temos que ter cautela para diluirmos a nossa oferta nos próximos quinze dias e assim conservarmos o valor pago pelo quilo do suíno vivo em patamares mais confortáveis para nós suinocultores.”
 
No Rio Grande do Sul o aumento no preço do suíno vivo foi de R$ 0,11, passando de R$ 3,15 da semana anterior para R$ 3,26 nesta, segundo a Associação de Criadores de Suínos do Rio Grande do Sul (Acsurs).

Fonte: Suinocultura Industrial
 
Comentário
 
      Nenhum comentário para esta notícia!
Deixe seu Comentário para a notícia "Preços do suíno vivo disparam na maior parte dos estados"
(*) - Todos os campos são de preenchimento obrigatório.
Seu Nome*:
Seu E-mail*:
(o email não será publicado)
Cidade*:
Estado*:
Comentário*:
  500 caracteres restantes.
Eu li e aceito as regras de publicação de comentários. VER REGRAS

VEJA TAMBÉM - Outras Notícias da Categoria NOTÍCIAS DE MERCADO
11/12/2018 - Bolsonaro indica ex-secretário de Alckmin para comandar Ministério do Meio Ambiente
O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), anunciou o ex-secretário estadual do Meio Ambiente de São Paulo Ricardo de Aquino...
10/12/2018 - Valdir Colatto será secretário do Mapa na gestão de Tereza Cristina
O deputado federal Valdir Colatto (MDB-SC) deve ser um dos secretários do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento...
07/12/2018 - ASSISTA | Veja a verdade sobre o Funrural
07/12/2018 - Santa Catarina aumenta em 36,9% as exportações de carnes em novembro
Santa Catarina encerra o mês de novembro com alta nas exportações de carne suína e de frango. Boa parte dos embarques foi...
06/12/2018 - Câmara aprova urgência para votar projeto que liquida passivo do Funrural
A Câmara dos Deputados aprovou, na quarta-feira (5), requerimento de urgência para votar, no plenário da Casa, o projeto de lei...
06/12/2018 - Cenário para 2019 é de safra maior de grãos, alta do PIB e do faturamento do agro
O cenário para 2019 é de uma safra maior de grãos, com clima mais favorável, um crescimento de 2% no Produto Interno Bruto (PIB)...
06/12/2018 - Agroceres PIC e Cooper A1 promovem Seminário Técnico
A Agroceres PIC e a Cooper A1 promoveram, no dia 04 de dezembro, mais uma edição de seu Seminário Técnico. Tradicional, o evento...
05/12/2018 - CANAL RURAL | ACCS emite alerta de peste suína
O crescimento dos casos de peste suína motivou a Associação Catarinense dos Criadores de Suínos (ACCS) a emitir um alerta para...
05/12/2018 - JBS troca comando e Gilberto Tomazoni é eleito presidente global
O executivo Gilberto Tomazoni foi eleito na terça-feira, 4, novo presidente global da JBS, da família Batista, um dos maiores...
05/12/2018 - Disputa trava definição de titular do Meio Ambiente
Uma disputa entre os núcleos político e militar do futuro governo de Jair Bolsonaro e a intenção de dar um novo perfil ao...
 
 
Rua do Comércio, nº 655
Centro, Concórdia / SC
CEP: 89700-089
Diretoria
Granjas de Material Genético
50 anos de ACCS
55 anos de ACCS
Relatórios Anuais
Frente Parlamentar
Núcleos e Associações
50 anos ACCS
55 anos ACCS
Rádio ACCS
TV ACCS
Notícias
Links da Suinocultura
Receitas
Newsletter
Agenda de Eventos
Previsão do Tempo
Galeria de Fotos
© - Ideia Good - Soluções para Internet