Suíno Preço Base
Cooper Central Aurora: R$ 2,80
Pamplona: R$ 2,80
BRF (Sadia/Perdigão): R$ 3,00
JBS Foods: R$ 2,90
+ Bonificação de Carcaça (Média da Bonificação 10%)

Ver Histórico

Bolsa de Suínos
Santa Catarina: R$ 3,60
São Paulo: R$ 3,79
Minas Gerais: R$ 4,00
Paraná: R$ 4,00

Ver Histórico

Mercado de Grãos - Santa Catarina
Milho: R$ 46,90 (Referência Copérdia)
Farelo de Soja: R$ 1,70

Ver Histórico

 
Links da Suinocultura
ABCS
ABPA
CANAL RURAL
CEPEA
CIDASC
CNA
EMBRAPA
FAESC SENAR/SC
FATMA
MAPA
MDIC
NOTÍCIAS AGRÍCOLAS
O PRESENTE RURAL
PÁGINA RURAL
PORKWORLD
SAFRAS & MERCADO
SEC. DA AGRICULTURA
SUINO.COM
SUINOCULTURA INDUSTRIAL
TERRA VIVA
 
ou data:
NOTÍCIAS DA ACCS
04/06/2018 às 8h39
Atualizada em 04/06/2018 - 08h42
ARTIGO – As lições deixadas pela paralisação nacional dos caminhoneiros
Por Losivanio Luiz de Lorenzi, presidente da Associação Catarinense de Criadores de Suínos
Compartilhe esta notícia:


Losivanio Luiz de Lorenzi, presidente da ACCS (Foto: Tiago Rafael)

A produção de proteína animal brasileira vive um de seus piores momentos da história. Produtores, agroindústrias e a economia brasileira de forma geral amarga os prejuízos deixados pela “Operação Carne Fraca”, deflagrada em 2017, e pela “Operação Trapaça”, desencadeada neste ano. Mas nada pode ser comparado com a paralisação nacional dos caminhoneiros.
 
Além de impossibilitar o escoamento da produção, seja no mercado nacional ou internacional, todo o nosso plantel de animais correu o risco morrer por falta de insumos nas propriedades. O status sanitário diferenciado de Santa Catarina, construído ao longo de várias décadas, quase foi jogado fora na última semana. Isso sem mensurar os graves danos ambientais com a alta mortandade de aves e suínos caso a situação se estendesse por mais alguns dias. 
 
Em Santa Catarina a ACCS esteve em constante diálogo com os grevistas para conseguir liberar caminhões carregados com os insumos necessários para a produção da ração animal. Em diversos momentos passamos por situações constrangedoras, já que o movimento não apresentou um interlocutor específico.
 
Assim como diversas entidades e associações, a ACCS apoiou a mobilização encabeçada pelos caminhoneiros. Entendemos que os transportadores precisam de um preço justo para trabalhar, principalmente no óleo diesel, mas,  a partir do momento em que o as negociações com o governo federal avançaram – e atendidas na grande maioria –, defendemos o fim da mobilização.
 
A paralisação nacional dos caminhoneiros evidenciou que todos os governos da história do Brasil erraram ao não investir em outros meios de transportes da nossa produção que não seja o rodoviário. O caos vivido nos últimos dias serve de lição para que as nossas lideranças coloquem em prática ações que visem a instalação de uma malha ferroviária no Brasil. Essa é uma forma rápida, segura e com custos reduzidos utilizados por países de primeiro mundo e que manterá a competitividade brasileira frente aos mercados internacionais. 
 
A fragilidade dos políticos, seja em âmbito federal ou de Santa Catarina, também ficou evidenciada com a demora para dar resposta à classe dos transportadores e para a sociedade. Subestimar que a mobilização poderia ganhar grandes proporções foi outro erro fatal, que resultou na morte de mais de 70 milhões de aves, e que reflete em prejuízos para outros setores do agronegócio.
 
Uma intervenção militar não é o caminho certo para que o Brasil volte para o trilho do desenvolvimento, mas a população precisa escolher corretamente os seus representantes nas eleições, em outubro. O povo do nosso agronegócio precisa observar quem realmente apoia o setor para que possamos ter os nossos representantes políticos na defesa desta importante atividade, o agronegócio.
 
Os produtores e as agroindústrias fazem a economia nacional crescer, mas sem representantes políticos competentes, ficamos à mercê de situações que coloquem todo o nosso esforço em vão. É por essa razão que os suinocultores de Santa Catarina, representados pela ACCS, defendem a participação de pessoas íntegras no pleito eleitoral, que deixem de lado as bandeiras partidárias, que não subestimem a capacidade de mobilização do povo e que tenham um projeto de reconstrução da nação.

 
Comentário
 
      Nenhum comentário para esta notícia!
Deixe seu Comentário para a notícia "ARTIGO – As lições deixadas pela paralisação nacional dos caminhoneiros"
(*) - Todos os campos são de preenchimento obrigatório.
Seu Nome*:
Seu E-mail*:
(o email não será publicado)
Cidade*:
Estado*:
Comentário*:
  500 caracteres restantes.
Eu li e aceito as regras de publicação de comentários. VER REGRAS

VEJA TAMBÉM - Outras Notícias da Categoria NOTÍCIAS DA ACCS
18/06/2018 - Carne Suína e os Sabores pelo Mundo
Com o objetivo ampliar o consumo da carne suína no Brasil, a Associação Catarinense de Criadores de Suínos (ACCS) realiza em 2018...
28/05/2018 - COMUNICADO OFICIAL
21/05/2018 - Em assembleia, contas da ACCS são aprovadas por unanimidade
Representantes dos núcleos municipais e regionais da ACCS participaram na última sexta-feira (18) da Assembleia Geral Ordinária da...
18/05/2018 - CDG-ACCS é pauta do Globo Rural
A ACCS foi pioneira no melhoramento genético e em 1976 fundou a primeira Central de Sêmen suíno do país. Esta Central por muitos...
07/05/2018 - Série de vídeos da ACCS vai incentivar o consumo da carne suína
Preocupada em ampliar o consumo da carne suína no Brasil, a Associação Catarinense de Criadores de Suínos (ACCS) desenvolve em...
25/04/2018 - FUNRURAL E A AÇÃO COLETIVA DA ACCS
No início do ano saiu a Lei 13.606/18 reduzindo a alíquota do Funrural de 2,3% para 1,5%. E concedeu parcelamento dos débitos,...
20/04/2018 - Decreto 780 é revogado, mas notificações emitidas pelo Estado permanecem
Após a Associação Catarinense de Criadores de Suínos (ACCS) cobrar incansavelmente por vários meses, o Governo de Santa Catarina...
18/04/2018 - Presidente da ACCS avalia primeiros dias da missão na Alemanha
Em missão internacional na Alemanha, o presidente da ACCS, Losivanio Luiz de Lorenzi, participou de uma reunião com empresários...
1 Comentário
16/04/2018 - Presidente da ACCS participa de missão internacional na Alemanha
A convite da Câmara Técnica Brasil-Alemanha e do Sistema Faesc/Senar, o presidente da Associação Catarinense de Criadores de...
05/04/2018 - ACCS participa da primeira reunião dos núcleos municipais de 2018
A Associação Catarinense de Criadores de Suínos (ACCS) participou na noite de ontem (4) da primeira reunião dos núcleos...
 
 
Rua do Comércio, nº 655
Centro, Concórdia / SC
CEP: 89700-089
Diretoria
Granjas de Material Genético
50 anos de ACCS
55 anos de ACCS
Relatórios Anuais
Frente Parlamentar
Núcleos e Associações
50 anos ACCS
55 anos ACCS
Rádio ACCS
TV ACCS
Notícias
Links da Suinocultura
Receitas
Newsletter
Agenda de Eventos
Previsão do Tempo
Galeria de Fotos
© - Ideia Good - Soluções para Internet